China será o maior destino turístico em 2020

França é actualmente o maior destino turístico mundial

A França é neste momento o líder mundial no que ao turismo diz respeito. Em segundo lugar encontram-se os Estados Unidos. No entanto, anos serão ultrapassados pela China até ao ano 2020.



Grande Muralha da China

Já não é novidade que, os principais destinos turísticos do mundo estão em mudança. Em menos de 10 anos, a China tornar-se-á o líder.

Maiores destinos turísticos com maior procura

Segundo dados do Conselho Mundial de Viagens e Turismo, os maiores destinos de turismo no mundo estão a registar cada vez mais procura. A França é actualmente o país de eleição, ou seja, aquele que recebe mais turistas. Este ano, deverá receber 70,9 milhões de visitantes e daqui para a frente, o número continuará a subir, mas cada vez menos. Em 2020 prevê-se que o número de turistas rondará os 91,6 milhões, e perderá o primeiro lugar das preferências.

Os Estados Unidos, que actualmente ocupam o segundo lugar nos destinos turísticos mundiais em número de visitantes, também perderá o segundo lugar nos próximos 10 anos. Para este ano 2010 são esperados 55,5 milhões de turistas, e em 2020 serão 81,1 milhões.

China será o país mais visitado em 2010

O novo líder do sector turístico, que ocupa actualmente a terceira posição, será a China. Depois de receber este ano 54,7 milhões de turistas, de acordo com as previsões do Conselho Mundial, o número de turistas vai disparar ano após ano, até chegar aos 103,6 milhões em 2020. Os Estados Unidos serão ultrapassados já em 2011, a França em 2018.

Espanha terá pequenas subidas mas continuará em quarto lugar

O pior comportamento entre os países mais procurados para férias será, ainda assim, o da vizinha Espanha. Actualmente como 4º destino mundial, mas muito perto do 3º e 2º, com 52,8 milhões de turistas, registará subidas ligeiras durante a próxima década e chegará a 2020 com 65,7 milhões de visitantes. Manterá a quarta posição, mas a uma distância muito maior dos líderes do pelotão.

A Itália manterá a também a 5ª posição, passando dos 41,5 milhões de turistas previstos para este ano, para 55,1 milhões daqui a 10 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *