Os 10 melhores países para trabalhar e ganhar muito dinheiro em 2017

suiça

Já pensou em sair do Brasil e trabalhar em outro país? Cada dia que passa, muitos brasileiros procuram melhores salários e um futuro melhor para sua família em outro país.



Para quem quer investir em qualidade de vida, ter uma carreira profissional promissora e ganhar muito dinheiro, estes são os melhores países para morar e trabalhar em 2017!

Os melhores países para trabalhar em 2017:

1. ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

estados unidos

Em primeiro lugar destacamos aquele que é considerado o destino preferido dos brasileiros que querem juntar muito dinheiro em pouco tempo. Nos Estados Unidos o salário mínimo é de US$7,25/hora, uma boa quantia para viver bem. Entre as várias oportunidades de trabalho destacam-se a área das tecnologias, comunicações e varejo, serviços de cozinha e limpeza. Existem várias oportunidades para trabalhar nos Estados Unidos de forma temporária, nomeadamente através de agências de intercâmbio para estudantes; programas e parcerias entre Brasil e Estados Unidos e vagas de trabalho temporário que aceitem cidadãos estrangeiros com visto para trabalho. Para trabalhar definitivamente nos Estados Unidos é preciso ter cidadania americana ou ter Green Card (cartão de residência permanente nos Estados Unidos).

2. SUÍÇA

suiça

Embora na Suiça não esteja estabelecido um salário mínimo, grande parte dos salários situam-se acima dos 3.300€ mensais. A oferta de trabalho é sobretudo para as áreas de hotelaria, construção, serviços domésticos e pequenos comércios. Quem deseja passar uma temporada inferior a 90 dias, não é preciso visto. Para períodos superiores a 3 meses é necessário solicitar o pedido de Visto de Estada de Longa Duração ou Autorização de Permanência.

3. SINGAPURA

singapura

Singapura é um dos países que oferece uma maior facilidade de entrada no país para cidadãos brasileiros. O salário mínimo em Singapura varia conforme a atividade. O valor médio situa-se nos $3.500 mensais. Há vagas em vários setores de atividade, pois trata-se de um país que vive uma fase de grande desenvolvimento. Não há necessidade de visto para brasileiros que vão a turismo para Singapura por até 30 dias. Caso a estadia ultrapasse um mês, é necessário solicitar uma extensão da visita ou uma autorização de estudo ou residência.

4. NORUEGA

noruega

A Noruega é um dos melhores países para viver. Além das belas paisagens, este país destaca-se também pelas boas oportunidades de emprego. As remunerações medias situam-se nos 4.000€. As melhores ofertas encontram-se nas áreas da economia, engenharia e marketing.

5. CANADÁ

canadá

O apresenta uma boa qualidade de vida e é ótimo para trabalhar. Apresenta um custo de vida parecido com o de S. Paulo. Cada província canadense tem suas particularidades, inclusive salários base de acordo com cada localidade.  Para trabalhar no Canadá será necessária a documentação e visto para entrar no país.  As vagas de hotelaria, limpeza e cozinha são as que apresentam maiores oportunidades. Há também boas oportunidades para tecnologia de informação, engenharia, contabilidade e auditoria financeira, administração e marketing.

6. AUSTRÁLIA

austrália

Na Austrália existem oportunidades de emprego nas áreas de tecnologias, comércio e turismo. Nesse país, onde os estrangeiros são bem recebidos, destacam-se os bons serviços de saúde e bons níveis de qualidade de vida. Para morar na Austrália é preciso ter um visto de trabalho. O salário mínimo australiano, em média, está nos $ 2.627,60 mensais.

7. LUXEMBURGO

luxemburgo

O Luxemburgo é conhecido como sendo aquele que paga o maior salário mínimo da Europa, no valor de 1.922€. As ofertas de emprego são publicadas nos painéis informativos do serviço público de emprego luxemburguês, nas edições de sábado dos jornais nacionais, nos sítios web de agências de emprego privadas, centros de recrutamento e grandes empresas.

8. NOVA ZELÂNDIA

nova zelândia

A Nova Zelândia, a taxa de desemprego é uma das menores do mundo. As vagas de emprego são sobretudo na área do turismo, quer no verão, quer no inverno. Existem também vagas para profissionais de áreas específicas: engenharia, construção, marketing, vendas, TI e recursos humanos. Antes de pensar em procurar um emprego na Nova Zelândia você deve verificar no site da imigração que tipo de visto, entre os que permitem conseguir um emprego no país, você é capaz de conseguir. Mais fácil que procurar uma proposta definitiva, há muitas ofertas temporárias de emprego na Nova Zelândia.

9. ALEMANHA

alemanha

O salário mínimo na Alemanha situa-se nos 1.360€ por mês. A média salarial fica acima dos 1.850€. Na Alemanha, o contrato é de 35 ou 40 horas semanais. As ofertas de emprego encontram-se nas áreas da produção automóvel, químico e farmacêutico, tecnologia e comunicações. Existem trabalhos disponíveis para início imediato e outros que você se candidata até determinada data e aguarda a seleção, para início depois de algum tempo. Para encontrar um trabalho pode procurar nas agências de emprego, jornais, revistas e internet.

10. HOLANDA

holanda

A Holanda é um dos países europeus com melhor qualidade de vida.  As oportunidades de trabalho são nos setores de tecnologia, publicidade, varejo e moda. O salário mínimo é de cerca de 1.500€. O custo de vida é relativamente baixo. A taxa de desemprego na Holanda situa-se nos 7%. Em comparação com o Brasil, a relação entre o salário mínimo e os preços dos bens essenciais é muito boa. Um bom país para quem procura liberdade e qualidade de vida.

1 comment

  1. Claudeniza diz:

    Gostei. Trabalhar e ter uma outra oportunidade de vida melhor seria ideal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *